cartclosedowneyefacebookfilterheartinfo-barsinfo-cardinfo-packageinstagrammailmenunextprevioussearchsendtelephonetwitteruserwhatsappyoutube

Luva de Látex Resistencia Térmica Corrugada Fibra Natural Volk Adere

Luva de Látex Resistencia Térmica Corrugada Fibra Natural Volk Adere
Passe o mouse e veja detalhes
-30%
(0)
  • Código: 1149
  • Marca: Volk
  • Referência: CPTLLCFNAD
  • Modelo: Adere

Confecção: Látex  

De R$ 49,90
Por:
R$ 34,90/ cada
Economize  R$ 15,00

R$ 32,46 à vista com desconto Pix - Vindi
ou 1x de R$ 34,90 Sem juros Cartão Visa - Vindi
Outras formas de pagamento
 
 
1

Calcule frete

Simulador de Frete
- Calcular frete
Não sei o meu CEP

DESCRIÇÃO:
Luva de segurança confeccionada em forro de fibras naturais tipo interlock, totalmente revestida em látex corrugado na palma, pontas dos dedos e dorso, látex liso no punho.
 
ESPECIFICAÇÕES:
CA: 40174
CÓDIGO: 10.52.360.05
COMPOSIÇÃO: Fibras naturais tipo Interlock e Látex
Uso: Reutilizável
Estrutura: Suporte Têxtil
Modelo da Estrutura: Montado / Costurado
Material Suporte: Algodão
Punho: Picotado
Grip: Corrugado / Rugoso
 
INDICADOÇÃO DE USO:
Indicada para trabalhos gerais médios e pesados, protegendo o trabalhador em ambientes com agentes mecânicos, químicos e/ou agentes térmicos, com alta ou baixa temperatura. Utilizada no manuseio e movimentação de vidros, painéis, chapas metálicas, madeira, enlatamentos, atividades de pesca, atividades nos setores operacionais das indústrias frigoríficas (aves, suínos, pesca e bovinos), movimentação e transporte de produtos congelados e outros.
 
*ESTE PRODUTO CONTÉM LÁTEX DE BORRACHA NATURAL, SEU USO PODE CAUSAR REAÇÕES ALÉRGICAS EM PESSOAS SENSÍVEIS AO LÁTEX
 
NORMAS TÉCNICAS ENSAIADAS:
EN 388:2016 - Riscos mecânicos
Ensaio | Nível
Resistência à abrasão | 3
Resistência ao corte - Coupe test | 1
Resistência ao rasgamento | 3
Resistência à perfuração | 1
Resistência ao corte - TDM | B
 
EN 407:2004 - Resistência Térmica (Calor)
Ensaios | Nível
Comportamento ao fogo | X
Calor de Contato | 2
Calor Convectivo | X
Calor Radiante | X
Pequenos respingos de metal fundido | X
Grandes respingos de metal fundido | X
*Calor de Contato: até 250°C por 15 segundos
 
ISO 374:2016 - Riscos Químicos - Tipo A
Produto Químico | Classe | Nível
Metanol | A | 1
Acetona | B 1
Acetonitrila | C |3
Diclorometano | D | 2
Sulfeto de Carbono | E | 2
Tolueno | F | 1
Dietilamina | G | 2
Tetrahidrofurano | H | 1
Acetato Etílico | I | 2
n-Heptano | J | 6
Hidróxido de Sódio 40% | K | 6
Ácido nítrico 65% | M | 2
Peróxido de hidrogênio 30% | P | 6
Formaldeído 37% | T | 6
Produtos Químicos Adicionais
Hipoclorito de sódio 13% - Nível 6
Ácido Perácetico 0,2% - Nível 6
 
EN511:2006 - Risco Térmico - Frio
Ensaio | Nível
Frio por convecção | 1
**Frio por contato | 1
Penetração de água | 1
 
INSTRUÇÃO DE USO:
- O EPI deve ser utilizado APENAS para o(s) risco(s) indicado(s);
- Faça uma inspeção visual antes da utilização do EPI, a fim de observar sua integridade e condição, atentando-se à presença de furos, rasgos, descosturas ou sujidade excessiva;
- Verifique o tamanho correto das suas mãos e do EPI. Este cuidado pode reduzir a possibilidade de acidentes, fadiga bem como desgaste e danos prematuros e desnecessários ao EPI;
- Higienize as mãos antes e após a utilização do EPI;
- Mantenha unhas aparadas e não use anéis, pulseiras ou outros adornos.
 
INSTRUÇÕES DE HIGIENE E MANUTENÇÃO:
- Quando necessário, lave o EPI utilizando sabão/detergente neutro;
- Não utilize alvejantes, água sanitária ou realize processo de lavagem a seco;
- Lave e enxágue em água, preferencialmente, em temperatura ambiente;
- Prefira secar o EPI à sombra, ou em secadora até 40°C;
- Em casos de extrema sujeira, repita as operações ou realize a troca do EPI.
 
INFORMAÇÕES ADICIONAIS:
- Os níveis de performance do laudo não refletem na duração atual de proteção no local de trabalho e diferenciação entre misturas e químicos puros;
- A resistência química foi avaliada sob condições laboratoriais, de amostras retiradas apenas da palma da luva e se refere apenas ao produto químico testado. A resistência pode ser diferente se o produto químico é usado em uma mistura;
- É recomendado checar se as luvas são adequadas para o uso pretendido, já que as condições do local de trabalho podem diferir do teste de tipo dependendo da temperatura, abrasão e degradação;
- Quando usadas, luvas de proteção podem prover menor resistência a produtos químicos devido a mudanças em propriedades físicas;
- Movimentos, rompimentos, fricções, degradações causadas por contato com produtos químicos, etc., podem reduzir o tempo de uso atual significativamente. Para químicos corrosivos, degradação pode ser o fator mais importante a se considerar na seleção de luvas com resistência química.
 
Compre com a Calçados para trabalhar.
-Atendimento imediato para responder todas as suas dúvidas.
-Enviamos em menos de 24 horas para todo Brasil.
-Trabalhamos somente com as melhores marcas do mercado.
-Produtos originais.
-Anúncios somente de produtos a pronta entrega.

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.
  • Confecção: Látex

Produtos Visitados